Translate this blog!

domingo, 30 de setembro de 2012

Aulas com outros professores

Vejo muita gente sugerindo que é muito importante fazer aulas com outras bailarinas/professoras. Eu também sugiro!

Quando eu comecei a fazer aulas de DV em 2000, não tínhamos muito acesso a tantos vídeos, blogs e sites sobre o tema. Conhecíamos o trabalho de outras bailarinas através de shows e VHS, principalmente. São Paulo era a grande fonte de boas bailarinas logo, o acesso era mais difícil para mim. Acredito que a dificuldade de acesso a outras profissionais (ou a falta delas) em muitas cidades ainda exista, mas com tanto vídeo e site e um pouco de investimento financeiro, é possível ter aulas com outras pessoas atualmente.

Eu fiz aula com a mesma professora por 7 anos seguidos, coisa praticamente inconcebível, por vários motivos, hoje em dia. Já falei sobre a importância da primeira professora e reforço que mais importante que ela, é você ter nesse início uma referência. Para quem, não conhece, essa foi a minha professora, Shaira Sayaad:


Depois de profissionalizar, eu senti falta (ainda sinto) de aulas regulares, mas infelizmente, até hoje não consegui me organizar para isso. Então sempre procurei fazer workshops, aulas particulares ou profissionalizantes. De qualquer maneira, eu procurei, obviamente profissionais que eu admiro e dentre os vários pelos quais passei, ainda encontrei novas referências, que são as minhas até hoje, seja no estudo ou em consultoria. Fiz apenas um workshop com Maira Magno (hoje, ela está "aposentada"), mas o que tive e tenho até hoje de consulta dela através de chat, não tá no gibi:


Fiz um curso profissionalizante com a Fabiana Tolomelli e Tufic Nabak, o qual é meu consultor de várias coisas até hoje, inclusive comportamento profissional:


Ainda existem várias inspirações minhas, com quem já fiz aulas pontuais. Mas onde quero chegar? Que para crescer tecnicamente e aprimorar seu modo de ver (até fazer) a DV é preciso sim, passar por diferentes professoras, pois todas elas têm diferentes conhecimentos e vivências. Também não é preciso fazer um workshop diferente por mês, mas, por um tempo, focar em um profissional e extrair o que você quer dele naquele momento. Mais importante ainda que conhecer diferentes didáticas, é você ter calma com seu próprio desenvolvimento e procurar absorver realmente o que você ouve por aí.

Boas aulas!
Bauce kabir,
Hanna Aisha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...