Translate this blog!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

E o tal do "said libanês"?

Afinal, existe ou não?

Não.

Quando eu escrevi o post sobre Dança Said, acabei comentando um pouco sobre o tal "said libanês", mas aqui, vamos falar um pouco mais sobre ele.

Por que não existe said libanês?
Porque começa com um erro conceitual: Said é uma parte da cultura egípcia, localizada na região sul, cheia de tradições. Logo, nunca poderá ser libanesa. Segundo Tufic Nabak, o bastão estilo libanês teve origem no norte do país e trata-se de uma dança alegre, executada com a bengala ou com o bastão, utilizando passos e músicas de Dabke. Ele diz em seu livro que "Enquanto os homens subiam aos telhados das casas cobertas com lama para compactar as rachaduras causadas pelas chuvas do inverno, os idosos subiam também para acompanhar de perto este trabalho e ficavam sentados segurando as suas bengalas. Ao som do Mejuez (flauta em árabe), os homens se distraiam e ficavam dançando durante o trabalho, enquanto alguns pegavam a bengala do pai ou do avó para girar durante os movimentos realizados com os pés. Assim, o bastão ou a bengala passaram a ser adereços importantes a serem utilizados durante as músicas de Dabke".

Então, de onde vem a confusão?
O que existe são os dabkes modernos libaneses (como Fares Karam e Nagwa Karam) que também podem ser dançados com o bastão.


As bailarinas que dançam nos Emirados Árabes aprendem esse estilo e trazem para cá, o qual eu mesma, tive a oportunidade de aprender com uma delas. O sapato aparece, o quadril pode ser mais utilizado e não é necessário usar galabya nem faixa na cabeça. Aqui, um vestido mais moderno cai muito bem:



O que comumente acontece é alguém ensinar sobre o ritmo said, que pode aparecer em diversas músicas como dabke, pop, shaabi. Porém, isso não significa que você pode dançar o Raks Assaya com qualquer música, só porque tem o ritmo said ao fundo! ERRO MEGA COMUM!

Também é possível utilizar esse estilo de dança como Dança de Casal, onde a mulher mistura passos de Dança do Ventre e Dabke e o homem dança o dabke, com ou sem o bastão:


Bauce kabir,
Hanna Aisha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...