Translate this blog!

Espaço da pupila - submeta seu texto!

Olá, queridos leitores!

Resolvi abrir essa coluna nova no blog chamada "Espaço da pupila" para dar voz a esses seres empolgados, ansiosos e que nos dá orgulho, os quais lidamos regularmente. Paulo Freire não gosta da palavra "aluno" pois significa literalmente, "aquele sem luz". Concordo com ele! Mas parece que existe uma etimologia equivocada com relação a essa palavra. Pensei em colocar aprendiz (mas somos todas), estudante (parecia de faculdade), educando (como o Paulo usa, mas não acho que educamos no sentido que ele se refere), orientanda (parece pós graduação)... cheguei a pupila! Carinhoso e não é pejorativo nem formal.

A ideia é dar voz para esse público que nos mantém trabalhando e estudando; no meu blog, ele consta de 50% dos leitores. E sim, elas podem MUITO nos ensinar e nos dar lições.

Se você é pupila de alguém e está a fim de falar sobre alguma coisa relacionada à dança, manda seu artigo, junto de uma foto sua de rosto, além de uma descrição sua. O tema é livre e pode enviar fotos e vídeos relacionados ao texto. Obviamente, o tema passará pelo meu crivo pois o blog ainda é meu, né, gente e não posso divulgar coisas que eu radicalmente sou contra.

hannaaisha00@gmail.com

Os textos não serão mexidos em uma vírgula e o conteúdo do texto assim como a forma em que ele foi escrito, serão de responsabilidade do(a) autor(a). Se o(a) autor(a) permitir, divulgarei o email para que vocês, caso queiram, escrevam direto para ele(a).

Espero por seus artigos!

Bauce kabir,
Hanna Aisha

4 comentários:

  1. Dançar é flutuar com a música, sem sair do chão
    É sonhar acordado
    É viver o presente, o futuro e o passado! (Autora Luciana Rossi)

    ResponderExcluir
  2. Com a dança aprendemos a nos amar.
    Aprendemos que cada queda um dia se tornará um belo passo de dança.
    Entendemos os limites do nosso corpo.
    Nos convencemos da nossa pura e singela beleza.
    Sentimos aquilo que está escondido e o que há de mais belo em nossas almas bailarinas.
    Transmitimos o nosso Eu interior da forma mais graciosa e encantadora...
    (Lavine Freitas)

    ResponderExcluir
  3. A dança é a poesia de minh'alma, é nela que me encontro, me perco, e depois me acho.
    A música é a voz do meu ventre
    que fala, nas contrações do oito maia,
    aquilo que meu corpo anseia
    Entre shimmes e camelos, me perco em devaneios...
    Só quem for capaz de sentir a melodia e a dança
    é que enxergará o dom que tenho nas entranhas...
    O dom de sonhar com o movimento dos pés, com o transe que meus quadris alcansa na envoltura do meu corpo que parece flutuar...
    Quando danço, me vejo entre anjos e arcanjos
    Os deuses vêm comigo festejar e com sorrisos e aplausos me instigam a nunca ,

    nunca parar de dançar.

    Strela do Mar

    ResponderExcluir
  4. Meninas,

    Obrigada! Mas a ideia é vocês ganharem um post só de vocês aqui no blog! Então, caso queiram escrever qualquer assunto relacionado à dança, me digam!

    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...