Translate this blog!

sábado, 18 de setembro de 2010

O que faz uma bailarina largar a Dança do Ventre?

Pensei nisso quando soube da notícia bombástica sobre o afastamento da Carlla Sillveira.

O que será que faz uma bailarina largar a Dança do Ventre? Certamente nunca cogitei na possibilidade da religião ser capaz disso, como foi o caso da Carlla (aliás, saiu na hora certa, né, no auge). Mas pensando aqui mais no nível do planeta Terra e das bailarinas mortais, por que alguém larga a Dança?

A Khan El Khalili já teve inúmeras que passaram e foram poucas que ficaram. A Luxor criou várias e ainda estão por aí, mas não sei se já cria talentos como de sua época de ouro.

Questões financeiras? Pode ser, já que a remuneração só é considerável quando se tem um trabalho fixo e muitas alunas, de preferência, uma escola só sua.

Fofocas e Intrigas? Apesar das pessoas reclamarem muito disso, all the time (!!!), acho que não, porque isso acontece em qualquer trabalho. Ah sim, a Dança do Ventre é trabalho muito sério, para muita gente. Não é só um hobby que desperta nossa Deusa Interior.

Não se enquadra nos padrões atuais? Hum... acho que não, há espaço para todos os gostos.

Enjoo? Nossa, a dança evolui a todo momento...

Casamento? Hum, essa é uma grande possibilidade: maridos que não curtem a modalidade. Ok, respeito totalmente. É mais fácil arrumar trabalho que alguém que a gente queira dividir a vida. Conheço exemplos.

Novos projetos artísticos? Beleza! Temos aí a Luana Mello e a Shaide Halim como exemplos.

O seu IBOPE baixou? É, esses ciclos são normais, mas não fatais.

Seu segundo ou terceiro trabalhos te consomem cada vez mais? Se você não vive de DV, então ela é sua segunda remuneração. Com certeza é um bom motivo, pois a maioria das alunas passa a fazer DV depois de estar, no mínimo, fazendo vestibular que não para a dança. Eu tô aqui, caso eu resolva largar... heheheeheh

Devem haver outros... mas nunca imaginei que a religião poderia fazer isso na vida de alguém que já tinha a vida praticamente pronta trabalhando com DV. Fiquei impressionada.

Às que já largaram; às que estão em dúvida, às que estão ainda na luta; às que estão começando: às que ainda virão: muitos shimmies, muito obrigada pela contribuição e muita sorte nessa nossa vida humana tão complexa!

Que a gente aproveite bastante nossos encontros pelos eventos no Brasil; a gente nunca sabe qual será a próxima a largar a Dança do Ventre! As vantagens de se fazer DV renderia outro post...

Uma homenagem à ela; uma de suas últimas apresentações (parece que o quadril dela já não estava bom). Fica aí seu legado, desenvoltura e sua simpatia:


Bauce kabir,
Hanna Aisha

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Divulgando: Arte em Cena e IV Festival Shaira Sayaad

"Arte em Cena", sob a direção de Eliza Oliver e Saphira é um evento beneficente que vai rolar dia 10 de outubro no Grajaú Country Club. Estarei eu e minhas meninas dançando lá!




IV Festival Nacional de Danças Árabes Shaira Sayaad, evento já usual na cidade do Rio de Janeiro vai rolar dia 24 de outubro com workshops dia 25 de outubro das convidadas acima. Estarei dançando no Show de Gala e com minhas meninas lá!

Bauce kabir,
Hanna Aisha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...