Translate this blog!

sábado, 8 de junho de 2013

Roupas de Dança do Ventre "caseiras" (2)

Queridas prendadas e não prendadas,

O post, de longe, mais acessado desse blog é sobre roupas de DV caseiras. Isso me indica que existe uma necessidade muito grande de economizar, já que as roupas dos ateliês estão caríssimas!

Passei a ser uma adepta frequente porque eu mesma percebi que eu não podia ter roupas novas sempre que eu quisesse pois eu não tinha dinheiro para isso. Só não faço mais roupas porque, de vez em quando, compro algumas prontas. Mas tem gente que faz suas próprias roupas direto e eu dou um super incentivo. O motivo é óbvio: é MUITO mais barato e fica personalizado, do jeito que você quer, principalmente as folclóricas (a foto ao lado é das minhas alunas usando uma roupa baladi que minha mãe costurou, com os panos que elas escolheram).

Essa roupa fui eu quem desenhou e minha
mãe que costurou: veja o vídeo!
Mas não vim aqui para falar novamente sobre isso, mas sobre reformas de roupas de DV. Acredito que a maioria esmagadora prefira vender suas roupas mais velhas (aliás, prática que também sou adepta e também apoio - vender e comprar roupas usadas), mas eu também reformo aquelas minhas que não estou gostando mais ou as usadas que comprei.

Você pode pedir pra mesma costureira que faz suas roupas para reformá-las. Provavelmente, sairá ainda mais barato que mandar fazer uma nova. Minha mãe quem as reforma, então não tenho muita ideia de preço. Mas nem teria sentido se fosse mais caro, né...

Quando vale a pena reformar uma roupa? Eu diria que vale a pena quando você gosta muito dela e não quer se desfazer ou você comprou bem barato uma usada. Você pode transformá-la, a ponto de talvez nem reconhecerem. Aliás, quem fica prestando atenção nesse troço de roupa repetida é mais a gente mesmo! Além disso, às vezes, vale a pena reformar uma roupa que você quer vender, pois dá para manter um preço legal e você ainda agrada a compradora pela qualidade do produto vendido.

A roupa original "antes",
que foi feita pela minha mãe também!
"Ah, mas não sou nem um pouco criativa!" Não tem problema. Selecione fotos de roupas pela internet e mostre para sua costureira, ela certamente te dará ideias! Se você preferir porque está insegura com a costureira, pode pedir a alguma grife de roupa de DV que faça isso por você, mas aí já não sei se o preço sairá tão em conta...

Mudar o formato da saia, adicionar tecidos, aplicar strass ou cristais, trocar peças velhas... tudo isso, com certeza, sai por menos de R$ 100,00 e dá uma outra cara. Abaixo, um exemplo de uma roupa reformada pela minha mãe:

Cai dentro do bordado, menina! A gente sempre fica feliz com o resultado de uma criação nossa!

Bauce kabir,
Hanna Aisha

2 comentários:

  1. Adorei o post, estou em vias de reformar dois trajes meus que tem 10 anos de idade, rs. Estão em perfeito estado de conservação. Estava pensando realmente em mudar o modelo de uma das saias e dar um toque a mais em outras coisas.
    Quando eu concretizar o projeto eu venho te chamar pra ver.
    Bjs querida.

    ResponderExcluir
  2. Dicas perfeitas.esta roupa azul rendada e mara.um abraço ate mais

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...