Translate this blog!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Selos de Qualidade

Oi, meninas; vim falar sobre um assunto que não se esgota e parece aumentar mais ainda...

Segunda-feira agora, dia 14 de junho, o bailarino Tufic nabak anunciou as bailarinas selecionadas com o Selo de Qualidade Nabak, eu e a Nanci Rocha (MG). Eu que sempre tive um pouco de pé atrás com isso, as pessoas podem achar que eu mudei de ideia. Mas não, tá tudo normal. Quando ele me apresentou a ideia do selo, durante os primeiros microssegundos eu neguei na minha mente e fiz uma cara estranha (que ele percebeu); daí, ele começou a me explicar melhor como seria seu selo. Daí achei interessante ter um selo de qualidade: estabelecer parcerias é uma das vantagens, sem ter que mudar nada em mim e no meu jeito de dançar ou me adequar; a ideia é divulgar a cultura libanesa.

Como eu particularmente gosto do estilo e sei alguma coisa, eu tentei. E após a conversa, percebi que seria uma coisa ativa, boa pros dois lados, com validade, o que é inteligente. Daí, gostei da história de ganhar um selo.

Eu já tinha 2 estrelas do Selo Oriente, Encanto e Magia; mas o retorno que eu recebi não teve a ver com o selo, mas com os concursos em si.

Para esclarecer: nunca fui contra selos; as pessoas devem procurar se sentir bem com o que fazem e buscam. Mas que existe uma correlação ERRADA sobre quem tem selo é quem dança bem ou quem não tem selo, não dança bem, existe. Assim como está errada a correlação de quem dança lá fora, também dança bem. O que me incomoda é a supervalorização de bailarinas que, na realidade, não passam de bailarinas profissionais com uma dança normal ou até inferior. E isso acaba atrapalhando sim quem não tem e nem pensa em correr atrás de um. Essa é minha opinião. E daí que aquela menina é KK, onde está a magia? Entendem?

As opiniões são diversas e existem inúmeros posts sobre o assunto (principalmente em blogs).

Aqui fica meus parabéns a todas aquelas que estão interessadas em estudar, crescer, fazer parcerias e que procuram contribuir para a divulgação da cultura árabe de qualidade, independente de ter selo ou não!

Bauce kabir,
Hanna Aisha

2 comentários:

  1. Oi Hanna!!! Estou de volta à atividade no mundo bellydance e concordo plenamente com a sua opinião sobre o assunto. Aproveito para arabenizá-la por sua nova parceria e que traga bastante aprendizado e sucesso pra ti!!! Quanto à tese, filha termnei mas não defendi. Só o farei no início do ano que vem para o bem da minha saúde mental! eheheh
    beijosss

    ResponderExcluir
  2. Parabéns flor... fico feliz e realmente concordo com vc, não necessariamente uma bailarina com selo é boa, assim como uma que não tenha não seja boa.

    O legal na minha opinião, é que, quando decidimos participar de algum selo, parece que temos um UP nos estudos, e isso é muito bom. Também acho interessante, o retorno da avaliação, podemos aproveitar as dicas para cada vez evoluir mais!!! Bjkssssssssssssss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...