Translate this blog!

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Segurança no palco

Vamos combinar que enfrentar um palco não é para qualquer um? O palco engole a gente mesmo e é preciso coragem para enfrentá-lo sem perder a cara linda e ainda dançar bem! Se você está aprendendo alguma dança, a chance de enfrentá-lo algum dia é enorme! E como fazer isso sem muito traumas?

Segurança é um dos quesitos que irão garantir uma boa performance. A bailarina pode nem estar dançando grandes coisas, mas se ela passa segurança e passa a sensação de que sabe o que está fazendo, isso faz com que ela ganhe atenção e até, respeito do público. Segurança inclui muitas coisas como experiência, calma, clima do lugar, um pouco de cara de pau e, principalmente, treino! Suellem Morimoto é um exemplo de que treino árduo garante boa performance!



Treinar significa coreografar? NÃO! Você pode treinar sim sua coreografia e mesmo que você esqueça na hora, o treino te ajuda a improvisar. Ou treinar limpeza de movimentos te garante movimentos mais automáticos e limpos, fazendo com que você se preocupe com outra coisa na hora de dançar. Nesse vídeo, a bailarina está em um concurso e realiza movimentos com muita rapidez e leveza e notoriamente, a segurança impera:



A velha experiência: essa daí, você tem que ter paciência pois vem com o tempo e com as oportunidades. A experiência de palco, de público, de som, de luz... essa sempre te faz crescer! Improvisar bem também é resultado de sua segurança e experiência! Dica: não deixe de improvisar em sala de aula e não negue dançar porque você acha que é muito iniciante! Se a professora disse para você dançar, DANCE! Aqui, Lulu resolve tirar os braceletes (6:53) e o véu fica no rosto (2:05):



Música ao vivo? É, uma dose a mais de nervoso entra em ação porque nunca sabemos como os músicos irão tocar a música que você escolheu. Mas ok, você, pelo menos, conhece a música e provavelmente, você perderá uma parte ou outra... não será motivo para perder a segurança! Dica: está ficando nervosa durante sua performance ao vivo? Interaja com o cantor/músico e respira. Aqui, Michele Trentin fez tudo de dificil: dançar com banda ao vivo, cantor e snujs ao mesmo tempo:



"Ai, a música falhou!" Ok, se ela não voltar ou ficar muito ruim, agradeça e saia do palco. Não é motivo para ficar nervosa, pois todo mundo está vendo que a falha é do som e não sua! E se ela falhar um pouquinho? Daí, entra um pouco da sua cara de pau: interaja com o público!



Bons treinos e boa sorte!

Bauce kabir,
Hanna Aisha

Um comentário:

  1. Menina, foi a "tirada de adereço" mais elegante que já vi na minha vida, valeu, Lulu!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...