Translate this blog!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Dança com taças

Taças é considerado por algumas bailarinas como dança folclórica. Por quê? Porque sua origem (talvez norte-americana) é inspirada no candelabro, que nada mais é que um acessório utilizado por bailarinas em casamentos egípcios, uma tradição muito comum até hoje, com origem ghawazee. Podemos falar do candelabro em outro post.

Você também concorda com isso? Eu, particularmente, não consigo considerar as taças um folclore, somente o candelabro por ser uma expressão tradicional. Logo, eu leio as taças como um elemento moderno mesmo.

Bom, resolvi escrever esse post mais para compartilhar uma pequena angústia: por que as pessoas não conseguem fazer uma coreografia de taças sem ser chata?

...É um ótimo acessório para iniciantes, concordo e faço isso...
...Fica legal com música lenta...
...por que sempre MARCOPOLO???...

e só. Vi raras apresentações legais com taças. Não vou postar as que não gosto, tá cheio no youtube...

Ju Marconato (SP):


Elis Pinheiro (SP):


Como as taças limitam bastante os movimentos com as mãos, a ideia é explorar deslocamentos, BRAÇOS, cambrês, pliês, ondulações e equilíbrio. Elas mostraram que é possível variar, mesmo com as mãos aparentemente "atadas".

O video abaixo foi minha tentativa de fazer uma coreografia com taças mais dinâmica e com alunas do intermediário. Usamos velas de mentira (à bateria, são baratas, coloridas, fica bem bonito o efeito - que não dá para ver no video porque não diminuíram as luzes) porque os teatros costumam proibir fogo em palco.


O que acharam? Acho que ficou melhor do que costumo ver... tentei, pelo menos. Vocês têm algum video legal para compartilhar?

Bauce Kabir,
Hanna Aisha

4 comentários:

  1. Oi Hanna,
    Vou postar aqui uma apresentação minha e de um grupo da escola de dança Portal Hanna Belly, de candelabro e taças, espero que goste, comente depois, ok?
    http://www.youtube.com/watch?v=F7fyRgLn234

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você: já até tinha começado a preparar um post sobre o assunto, mas não preciso mais fazê-lo. Vc falou justamente o que eu queria.
    Taça nunca foi, nem nunca será folclore.
    E não sei pq insistem em colocar como elemento para iniciantes - fica ainda mais tedioso de assistir.
    Não conhecia essa idéia das velas à batéria. Amei! Onde é que acha isso?
    Da apresentações que vi no youtube, gostei muito dessa da Elis e uma da Jufih Maat Ayuni, que é perfeita:
    http://www.youtube.com/watch?v=iRQIhIQ--TI&feature=related
    Não gosto de nada nas minhas mãos. Me dá nervoso, por isso, não me inspiro muito com esse elemento.
    Beijocas, gatona!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Perlla

    obrigada pelo video. Acho que dinâmica e criatividade vc colocou com certeza, mas não gostei da música e acho que as meninas com candelabro foram pouco exploradas. Mas vc já saiu do comum, legal!

    Oi, Lory

    adorei o da Jufih, uma graça.
    As velas de mentira a gente encontra com facilidade aqui no Rio, tem de várias cores. Se precisar um dia, te envio. Procurei na net e achei uma que é parecida com as nossas: http://www.compradiccion.com/hogar/velas-con-mando-a-distancia

    Eu adoro dançar com taças (acredita?), por isso que fiz esse post.

    ResponderExcluir
  4. Vou procurar essas velas aqui. Se não achar, falo com vc de novo. E, sim, a Jufih é muito fofa. Beijocas!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...