Translate this blog!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Dança com o Jarro

Texto revisado e reescrito em 22/07/2013


Antes de falarmos sobre a dança do Jarro, precisamos entender o que é folclore árabe. Como em qualquer país, o folclore é uma manifestação popular representada na forma de música, artesanato, superstições, dança. O folclore árabe diz respeito a todos os mais de vinte países que falam língua árabe; considerando que dentro de um mesmo país uma cultura pode ser bastante diversa, imagina estudar todos esses países! É preciso ir lá para conhecer realmente seu folclore, mas quando se estuda e se busca as fontes confiáveis de informação, é possível saber um pouco sobre o folclore árabe mesmo sem ter ido lá.

Falando de jarro, nenhuma mulher, fica à beira do rio Nilo dançando e cantando ao buscar a água, não da maneira que costumamos ver por aí nos palcos, ao contrário de um dabke libanês típico, que ocorre normalmente em suas comemorações. A dança com o jarro é uma representação de uma parte da cultura egípcia, ligada ao rio Nilo. Não é folclore, mas a representação de uma parte da cultura mais rural. Essa história começou com um bailarino chamado Mahmoud Reda, que começou a levar para os palcos parte da cultura árabe, representando assim, muito do seu cotidiano:


Ao se representar a Dança com o Jarro, pode-se fazer uma ligação ao elemento água com a bailarina representando e interpretando a rotina das camponesas, que caminhavam de sua casa até o rio, onde descansavam, refrescavam-se, pegavam um pouco de água em seus jarros e retornavam.


Na sua performance, você pode se imaginar como uma mulher indo até algum rio em busca de água, sempre de forma muito alegre e solta. Todos os movimentos da dança estão ligados a este fato que deve ser lembrado sempre que for dançar. É um momento de alegria e felicidade.

Dentro dessa dança, utiliza-se um vestido bem largo e, geralmente, colorido e o ritmo costuma ser o fallahi, que é um maksoum modificado, mais acelerado (ritmo árabe dos camponeses egípcios - dum kaka dum ka - pode ter variações) e binário e os gestos representando banho, brincadeiras e sede, aliados ao charme, aos passos simples, saltitantes e alegres e à felicidade de estar desfrutando de um rio fértil.

Prefiro os jarros de cerâmica, apesar de serem mais pesados, e com alça para melhor segurá-lo, mas é possível utilizar de plástico e sem alça. O figurino é sempre um vestido bem rodado até o pé com mangas compridas ou não de estampa lisa, listrada ou com motivos geométricos ou florais. Procure sempre pensar no que as egípcias camponesas costumam usar no cotidiano.

Desconheço Dança do Jarro dançada por homem, já que eram as mulheres as encarregadas de buscar água e cuidar do dia-a-dia da casa. Mas, acompanhá-las na dança fallahi, ok...


Se possível, ao escolher sua música pro jarro, procure saber a letra, caso seja cantada. Use aquelas em que exaltam seu país ou falam de seu cotidiano, pois são contagiantes e representam a alegria de um povo. É preciso habilidade, equilíbrio e boa expressão facial, pois é uma dança teatral.

Eu sou suspeita ao falar de jarro pois uma vez que passei a dançá-la, me apaixonei e tenho muito carinho por essa dança. Espero que vocês também se apaixonem por mais essa faceta desse povo tão rico! Aqui, é meu vídeo em que tirei terceiro lugar como amadora no Mercado Persa 2006... acho que representei nele mais ou menos o que quis dizer nesse texto. Hoje a dança está um pouco mudada, mas a essência é a mesma:


Observação: a música acima, que é exaustivamente usada para dança com jarro, também costuma ser usada para ghawazee. Por quê? Porque alguns egípcios a consideram ghawazee, outros fallahi... difícil, né?!

Importante lembrar que a Dança com Jarro nada mais é que uma dança fallahim, portanto, os passos básicos são do fallahim. O Jarro é apenas um elemento cênico, como poderiam ser as flores, o cesto, etc.


Bauce kabir,
Hanna Aisha

3 comentários:

  1. Hanna,

    Põe aí seu vídeo de jarro tão lindo!!! Se precisar acho que eu ainda devo ter aquele dvd.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito legal teu texto, Hanna! ;)
    Vou compartilhar na minha página do face e com minhas alunas, ok?
    Bauces!
    Morgan

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...